Parto Humanizado Hospitalar
Relato da Maisa Campanile

Relato da Maisa Campanile

Já estávamos com 41+1 semanas, já tinha feito acupuntura no dia anterior , amanheci sentindo umas cólicas, mas nada ritmadas e nesse dia teríamos consulta coletiva. As obstetrizes Jessica e Silvia perceberam minha ansiedade conversaram bastante comigo e decidimos então fazer um descolamento de membrana para ver se o TP engrenaria.

Já sai do Quintal do Parque sentindo bastante dor , mas ainda nada ritmadas e mas fui para casa pois precisava ver minha filha mais velha. Passamos em alguns lugares para resolver umas pendências e minhas dores começaram a aumentar. Decidimos então, deixar minha filha na minha mãe , pois minhas dores estavam aumentando e queria ver minha doula. 

Por volta das 21h a Gabi (doula) vem para minha casa e começamos a conversar e fazer exercícios na bola, massagem mas até então as dores estavam espaçadas. 

Ainda tinha dúvidas se o TP ia engatar, foi quando a Gabi pediu para que eu entrasse no chuveiro com a bola de pilates. 

Fiquei no chuveiro sentada na bola por mais de uma hora e ali minha viagem para a partolândia começou. O tampão saiu e as dores já estavam ficando muito fortes.

Quando levantei da bola e sai do chuveiro já não conseguia mais ficar em pé nas contrações. Somente nesse momento decidimos ir ao hospital, mas a doula a todo momento já estava em contato com o Coletivo.

Comecei a sentir os puxos ainda em casa e meu marido foi até o hospital a jato pois já estava sentindo que nosso bebê chegaria rápido.

Chegamos no hospital junto com a Obstetriz Jessica, e senti um alívio ao vê-la. Na triagem os médicos me examinaram e eu não conseguia ver mais nada, mas ouvi o médico falando que estava com Dilatação Total, e meu alívio naquele momento foi ainda maior.

Fomos rapidamente para a sala de parto e a Dr. Olivia já nos esperava.

Estava totalmente na partolândia e não conseguia mais me movimentar entre os puxos. Mas a Jessica , com sua voz baixa, tentava me posicionar de uma forma mais confortável. E quando me sentei na banqueta com o apoio do meu marido senti o círculo de fogo e nesse momento fiz uma respiração profunda e as 4h39 do dia 06/12/2018 em um grito alto senti nosso Lorenzo chegando ao mundo e vindo direto para o nosso encontro. 

Foi a sensação mais intensa da minha vida, fiquei quase sem reação , estava difícil de digerir tinha conseguido!!! Mas conseguimos Graças a Nossa Senhora e a Deus e graças ao @dancampanile que acreditou no nosso potencial e me suportou quando já estava insuportável, graças também a @gabigahb que me amparou emocionalmente e fisicamente , e principalmente ao @coletivonascer que viabilizou financeiramente e emocionalmente o nosso sonhado parto natural em especial a Obstetriz  @jessicacirelli e Obstetra @draoliviaolea que com seus conhecimentos conseguiram nos tornar protagonistas das nossas escolhas!!!

Deixe uma resposta

Fechar Menu
×
×

Carrinho